17 de jul de 2014

Sou, apenas sou

Troco o céu pela liberdade
Já troquei as asas por um voo mais real
Deixo as amarras no baú das convenções

Sou, apenas sou, sou livre para ser

A página em branco me fala silenciosa
Que eu posso escrever o livro que quiser
Posso até endireitar
As linhas para caber uma escrita torta

Sou apenas, sou livre, para ser

Se agora não era meu lugar
Aqui é o meu momento
Posso ser som, luz, brisa
Se eu Sou, posso tudo ser

Sou apenas livre, sou para ser

Agora que vi, posso ser infinito
Só não posso deixar de ser
Banhada pelo Meu sol

Sou, pois agora sou livre para ser



Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário :