15 de jul de 2014

“-Por que você não escreve um blog?”

Vivo escrevendo... o que? Coisas, muitas coisas.

Não, não são poemas, não chegam a tanto, são apenas... coisas. Que eu leio, vejo, ouço, sinto e penso, principalmente penso, e tento transcrever.

Por quê??


Vai-se saber, tem “coisas” que não se explicam.

Mas tenho o gosto pela coisa, apesar de não ter o dom, e o gosto se torna vontade e a vontade se torna necessidade e quando vejo o papel está na mesa e a caneta está na mão. E o pensamento se faz verbo.


E a verbo quer ser lido...


“- Leia só o que eu escrevi, o que você acha?”

- Legal!
- Gosto de escrever. Me sinto bem
- Porque você não escreve um blog?”

E aqui estou eu, quer dizer nós, porque agora mesmo que não seja lido, tudo o que escrever está exposto.

Não espere por nada, porque aqui poderá ter de tudo!!!!
Bem vindos ao um pedaço de mim...



(Originalmente: 08/09/10) 
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário :